AUDIÊNCIA PÚBLICA - ANISTIA I

25/03/2009 - 15h28
Mauro Rubem discute situação de ex-servidores da Caixego
Imprimir
Fonte: Assessoria de Comunicação
O deputado estadual Mauro Rubem (PT) participou nesta terça-feira, 24, de uma audiência pública dos ex-servidores da Caixego, com o objetivo de esclarecer questões jurídicas e também experiência prática das anistias e revisões nas questões políticas.Estiveram presentes o presidente da Associação de Resgate e Cidadania, Antônio Alencar Filho, o advogado da associação Romero Arruda, o diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Serviço Público Federal Gilberto Condeiro, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal de Goiás, Ademar Rodrigues, o ex presidente da Caixego, Reinaldo Fonseca e também os deputados estaduais Mauro Rubem e Humberto Aidar.Romero Arruda relatou a oportunidade de pleitear a anistia e detalhou as burocracias para deixar os artigos no mesmo parâmetro da Constituição Federal. Ademar se solidarizou com os ex-servidores e deixou claro que eles têm total apoio do Sintsep-Go. Em seguida o diretor da Condsef descreveu a trajetória do ex-presidente da República, Fernando Collor de Melo e sua “Caça aos Marajás”, sendo que, onde ele não tinha apoio político ocasionou as demissões.Um discurso que comoveu bastante às pessoas presentes foi do Reinaldo, o qual narrou a tristeza do dia 19 de setembro de 1989, quando foi anunciado que, um banco de Goiás teria que ser liquidado. Em contrapartida, mostrando o empenho em prol dos ex servidores, Alencar disse que o esforço é de domingo a domingo, sem falta.A audiência contou ainda com a presença de dois servidores anistiados da Companhia Nacional de Abastecimento- Conab, que incentivaram as centenas de pessoas presentes a não desistirem dos seus direitos e se mobilizarem em favor de sua anistia.Mauro Rubem falou sobre a ausência da Procuradoria do Estado, que foi convidada a fazer parte da mesa. E confirmou que a audiência pública mostrou a viabilidade de nova Proposta de Emenda Constitucional (PEC)O parlamentar também deixou claro o seu apoio e vai persistir para trazer o Governo a dar explicações. “Foi por decisão política que vocês foram demitidos, e também vai ser por decisão política que vocês irão voltar”, afirmou o petista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

27 ANOS APÓS MASSACRE POLÍTICO

ANTONIO ALENCAR FILHO RECEBE O TÍTULO DE CIDADANIA GOIANIENSE

Estamos de volta !!!!