Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

FOI APROVADA A ADEQUAÇÃO CONSTITUCIONAL QUE DÁ O DIREITO AOS EX FUNCIONÁRIOS DA CAIXEGO DE REIVINDICAR A ANISTIA.

Nesta terça-feira, 01/06/2010 foi aprovada em primeira votação, no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, a PEC, que adequa a Constituição Estadual com a Federal. São vários artigos de enorme importância para o povo goiano, porém em especial para os ex funcionários da CAIXEGO, esta PEC abriga um artigo que dá o direito aos ex funcionários que foram demitidos politicamente na era Collor de Melo, a requerer na justiça, os seus direitos usurpados, com isto reparando uma injustiça de duas décadas.
Ainda terá uma segunda votação, na próxima terça-feira, como manda o regimento daquela Casa de Leis, porém os parlamentares já consideram aprovada por unanimidade, 33 votos,a Emenda Constitucional.
Portanto, para aquelas pessoas que não acreditavam em nossa luta, o momento é de reconhecer o trabalho sério, competente, e sobretudo justo de uma classe representada por uma Associação ímpar, a ARC, que com grande louvor, devolve a seus associados o direito de reivindicar o que é seu…

01/06/2010 - 18h00 Deputados destacam importância da aprovação da PEC da Adequação Constitucional

Os deputados Humberto Aidar (PT), Isaura Lemos (PDT) e Misael Oliveira (PDT) destacam que a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de Adequação Constitucional em primeiro turno de votação, realizada na sessão extraordinária desta terça-feira, 1º, foi um marco para a Assembleia. Um dos pontos que destacam concede anistia aos ex-servidores da Caixego que tenham sido demitidos por motivos políticos e que, agora, poderão reinvindicar seus direitos.

Para o deputado Humberto Aidar (PT), se trata do projeto mais importante aprovado na atual Legislatura. “Nossa Constituição estava atrasada. Com a aprovação deste projeto, vamos deixar nossa marca. Quem ganha com isso é o Estado de Goiás e toda a sociedade”, opina.

O deputado petista observa que, agora, os ex-servidores da Caixego terão a oportunidade de se defender e reinvindicar seus direitos. “Na semana que vem, o projeto vai para segunda votação e, com certeza, terá novamente a participação maciça dos deputados”, completou o par…