Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

Elas murcham e morrem, mas suas sementes germinam

A vida é o desabrochar da natureza com suas composições solidárias na beleza da criação universal de Deus. O solo é fértil pela formação e decomposição do conjunto de seres existentes na imensa fazenda chamada planeta Terra. Somos parte de seus agentes de cultivo na boa semeadura competindo com os demais; no entanto, apesar disto, quase sempre contribuindo para a destruição com a nossa interferência hostil.
Caminho, às vezes, pelas ruas e avenidas das grandes metrópoles na minha imaginação guardada pelo tempo, na constante busca pela contemplação de um resquício de natureza original. O que vejo são jardins de plantas e flores dentro de canteiros montados em caixas de concretos estabelecidas dentro de parâmetros arquitetônicos, tudo elaborado pelos nossos irmãos tão apropriadamente chamados de bichos-homens. Nos edifícios, alguma coisa balança com o vento, são as samambaias e trepadeiras que tentam nos dizer: aqui não é nosso lugar.
Nas grandes áreas urbanizadas, lagos são produzidos par…

A luz resplandece nas trevas

O Império Romano foi importante para a humanidade por seu legado de realizações em diversas áreas, principalmente na política, no Direito e, mesmo, na arte da guerra. Mas, como se tem constatado através da história, os impérios, apesar de seu esplendor e poder, não duram para sempre.
A partir do século III, um longo período de declínio econômico e desacertos conduziu à queda de Roma, tendo como motivos primordiais o enorme dispêndio de recursos pelo Estado para manutenção da máquina militar, o embotamento intelectual da sociedade pela excessiva influência das religiões e da superstição, desvios de ordem moral, as invasões dos povos bárbaros, dentre outros, iniciando-se a Era do Obscurantismo medieval na Europa, também chamada Idade das Trevas.
Por volta de 1300 veio o Renascimento, dando novo formato à civilização européia ocidental, com a ocorrência de incontáveis realizações no campo das artes, da literatura e das ciências, sendo, sem dúvida, o ideal do humanismo o motor desse progres…

VENCER, VENCER

A nossa fé e a nossa vontade nunca serão contidas... removerão montanhas se necessário, e ecoarão por todos os recantos!

Comunicamos que mais uma edição do Jornal RC está à disposição de todos no endereço: resgatedacidadania.blogspot.com
Acessem o blog e leiam a última edição completa do nosso jornal.
Vocês podem comentar, criticar ou dar sugestões através do e-mail: rcgo@brturbo.com.br

COMPANHEIROS, continuem inabaláveis em sua fé. Continuem de mãos dadas com a Força Maior que sempre esteve conosco, pois, acreditamos, mais do que nunca, que está chegando "o dia em que os homens pacíficos reconstruirão o que os egoístas destruíram".

REFLEXÃO: "Obstáculos são aquelas coisas assustadoras que você vê quando desvia os seus olhos da sua meta." - Henry Ford

Fiquem a postos, pois a qualquer momento vocês serão convocados para novas batalhas.

A FOGUEIRA ESTÁ MAIS ACESA DO QUE NUNCA!
QUE DEUS NOS ILUMINE E NOS DÊ FORÇAS!

E, como diz o nosso companheiro Jovan Almeida, CAIXEGO ETERN…

O SOL NASCE PARA TODOS

O sol nos contempla igualitariamente todas as manhãs no maior exemplo que possa existir e que a Natureza oferece como constatação da orientação e determinismo cósmico de justiça.
Apesar de em determinados momentos obtermos significativos avanços em nossas lutas diárias como seres humanos, a jornada em si não deve ser esquecida.
Depois de tantos problemas, sacrifícios, dor e até mesmo renascimento, um retrospecto nos lembra o valor da união e do amor às causas justas, nos relembra que todos temos problemas e que, apesar deles, o sol nasce para todos. Seus raios benfazejos reluzem para brancos, afro-descendentes, católicos, evangélicos, judeus, maometanos, budistas, ateus, ricos, pobres, aristocratas, para quem quer que seja, como um privilégio coletivo, quando o sol está a serviço e dá vida aos homens, animais, vegetais e tudo o que existe no mundo.
O sol nasce para todos, mas às vezes custa mais a brilhar na vida de alguns. Isso é uma realidade observada em todos os momentos da existênci…