R E S P E I T O

Acabo de chegar de Goiania, onde estivemos participando, durante toda a tarde, de uma sessão parlamentar realizada na Assembléia Legislativa de Goiás, quando a mão de Deus pesou sobre a cabeça daqueles que querem tomar para si, o poder de decidir o destino de milhares de homens e mulheres de bens que ajudaram a construir parte deste patrimonio público, que hoje o governo estadual usufrui . O que vimos hoje naquela casa foi uma articulação desastrosa da bancada governista que culminou no arquivamento da PEC da Adequação Constitucional, que não angariou votos suficientes para aprovar a PEC.
Este processo de arquivamento da PEC da Adequação Constitucional, foi iniciado no dia 25/02/09, quando na calada de uma quarta-feira de cinzas, atendendo a pedido do lider governista, Evandro Magal, o presidente a Assembléia Legislativa do Estado de Goiás convocou uma sessão extraordinária na CCJ e o presidente da mesma, Fabio Sousa, colocou em votação a PEC, sem a presença dos ex funcionários, o lider do governo, Evandro Magal apresentou voto em separado, a maioria dos deputados o acompanhou, e o artigo 38 que tratava de nossa anistia, foi retirado, e esta traição, determinou o rumo que a PEC da Adequação Constitucional estava destinada: A R Q U I V A M E N T O !
Hoje os lideres do governo estão vivendo a quarta-feira de cinzas que nós, ex funcionários vivemos, ou seja a frustração, o sentimento de derrota. Mas nada como um dia após o outro, e Deus determina as vitórias justas e a certeza da legalidade do que buscamos, é o que nos torna fortes, unidos e determinados. Buscamos o que é de direito nosso, e depois deste desatre de hoje, aqueles que não se posicionaram a nosso favor, precisam repensar as suas posições. Palavra dada "deveria" ser compromisso assumido, e aí esta o resultado de uma articulação de bastidores, de acordos duvidosos.
Enalteço aqui, a posição dos Deputados que sabiamente ficaram ao lado da verdade. Quero também destacar com louvor, a participação de nossa Associação, ARC- ASSOCIAÇÃO DE RESGATE E CIDADANIA, que tem como presidente, Antonio Alencar Filho, um guerreiro, um ser humano ímpar, que conduz com retidão, respeito, seriedade uma causa popular, e não pessoal. Quero parabenizar toda a sua equipe administrativa que o auxilia, que executam os trabalhos rotineiros e tornam possível a realização de cada encontro, cada debate, cada nova investida. Parabéns a todos os ex funcionários que participam exaustivamente de todas essas reuniões, deixando os seus afazeres, as suas obrigações, alguns perderam o emprego, outros deixaram de ganhar algum dinheiro em seus sub empregos. Mas isto é que determina a união, o despreendimento pessoal para buscar o coletivo. E não podemos enxergar outro resultado que não seja a VITÓRIA !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

27 ANOS APÓS MASSACRE POLÍTICO

3ª ETAPA - EM RUMO AOS RESGATES DEVIDOS !

Estamos de volta !!!!