Materia do Alencar no DM

Uma das definições mais comuns da vaidade é que ela consiste em uma estima exagerada de si mesmo, uma afirmação esnobe da própria identidade. Tanto é assim que as religiões a consideram o mais grave dos pecados capitais.
O escritor e ensaísta francês Montaigne, um dos maiores críticos da vaidade, nas suas obras e, mais especificamente, nos seus Ensaios, analisou as instituições, as opiniões e debruçou-se sobre os costumes de sua época, tomando como objeto de estudo a generalidade da humanidade, pois ao fazer esse estudo de auto-observação acabou por observar também o homem no seu todo. Ele era pessimista e cético em relação à sociedade, achando-a viciosa e falsa.
E, hoje, o que podemos dizer de nossa sociedade? Uma sociedade ainda, e como nunca, embebida em falsidades, obcecada por representações e aparências – na qual as pessoas tratam de esconder o que verdadeiramente são, atuando como se fossem atores e atrizes.
Como ele, acreditamos firmemente que devemos estar presentes no mundo, não nos ausentarmos dele, entendê-lo sem perder a consciência, sem delírios e mortificações, agilizando a nossa “atividade de julgamento”, quando, só então, nascerá um acelerar do movimento da compreensão do mundo e de nós mesmos.A vaidade e a inveja, parece-nos, têm andado juntas, levando a conflitos cada vez mais frequentes entre forças da sociedade organizada.Descobrimos dentro da ética algumas fontes de reflexão, que levam a tais conflitos: que são vícios? não a generosidade, mas sim, o egoísmo; não a cordialidade, mas a dureza; não a fidelidade, mas a infidelidade. É fundamental, na utopia da vida, subir o degrau na escala de valores.
Lembremos todos Fernando Pessoa quando dizia que “cada um tem a sua vaidade, e a vaidade de cada um é o seu esquecimento de que há outros com alma igual”.

Antonio Alencar Filho é administrador e presidente da Associação de Resgate e Cidadania do Estado de Goiás e escreve aos domingos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

27 ANOS APÓS MASSACRE POLÍTICO

3ª ETAPA - EM RUMO AOS RESGATES DEVIDOS !

Estamos de volta !!!!