quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Giusepe Vecci empossa ex-servidores da Caixego de Goiânia


Depois de empossar os servidores do interior do Estado da extinta Caixego na última terça-feira (26/11), ontem (27/11) foi a vez de o secretário de Gestão e Planejamento, Giuseppe Vecci, nomear os reintegrados à Administração Pública Estadual da capital. A reunião lotou o auditório do hotel San Marino, no Setor Oeste. Foram nomeados 344 servidores, que aplaudiram o secretário quando ele anunciou a nomeação em tempo de os reintegrados entrarem na folha de pagamento do Estado a partir de 1º de dezembro.

Vecci listou um a um os nomes do reintegrados, que receberam uma pasta com a portaria de nomeação, já indicando o órgão de lotação, e orientações para participação no curso de aprimoramento de conhecimentos sobre a Administração Pública Estadual. O curso será realizado já na próxima semana (dias 2 e 3 de dezembro). “É a reparação de uma injustiça, mais um compromisso do nosso Governo com o resgate da cidadania e do desenvolvimento das pessoas”, disse Vecci na abertura de seu discurso, quando repassou as inovações de gestão pública implementadas nos mandatos do governador Marconi Perillo.

Entre essas inovações, Vecci repassou o Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento (PAI), e citou aos servidores a instituição da Meritocracia, o programa criado pela Segplan em que a seleção de gerentes na administração estadual é feita por meio de avaliação e não mais por indicação. “Vocês poderão participar de um programa que já é exemplo no Brasil. Não existe mais nenhum gerente no Poder Executivo do Estado em Goiás nomeado por indicação política, todos estão lá por seus próprios méritos, méritos que este Governo nunca deixou de reconhecer nos senhores e senhoras”, disse Vecci.

Beneficiados

Os servidores beneficiados pela anistia prevista em Lei são aqueles que foram demitidos da extinta Caixego no período de 20 de setembro a 1990 a 31 de dezembro de 1997. O secretário Giuseppe Vecci explicou que o trabalho de elaboração da lista dos beneficiários pela lei, assim como a elaboração das normas, foi realizado com transparência e dentro do prazo estabelecido legalmente, após análises criteriosas. Eles tiveram prazo de 120 dias para entregar na Segplan a documentação exigida.

Após o anúncio dos nomes daqueles que tiveram os pedidos deferidos, foi concedido prazo para que pudessem realizar os exames médicos e clínicos exigidos, bem como a perícia médica. O enquadramento dos anistiados da extinta Caixego na administração estadual se dará em três anos. O primeiro acontecerá até 31 de dezembro próximo e abrangerá 34% dos demitidos ou dispensados, proporcionalmente a cada nível de escolaridade. O segundo (33%) se dará de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2014 e o terceiro e último enquadramento se dará de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2015, atendendo aos 33% restantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário